@import url

29 janeiro 2016

Dorense conquista mais uma vitória e se aproxima da classificação na Copa Centro-Oeste

Um passo de cada vez!!! Nesse ritmo, a equipe do Dorense F.C. conseguiu mais uma vitória na Copa Centro-Oeste. A vítima da vez foi o Independente de Abaeté, que fez um jogo duro e desleal, mas saiu derrotado pelo Dorense por 2 x 0, gols de Renato e Leandro.


A equipe do Dorense que entrou em campo foi bem diferente da equipe da 1ª Rodada. Dos atletas que começaram a partida, apenas 05 atuaram como titulares na partida contra o Zacarias.


No início do jogo, a equipe do Independente se mandou para o ataque, comandada pelo rápido atacante Warley, chegando a pressionar o Dorense em seu campo de defesa e criar chances claras de gol não aproveitadas. O Dorense tentava atacar na base do chutão, o que dava pouco resultado. 

Aos poucos, o Dorense foi equilibrando a partida, ocupando mais o seu campo de ataque. A arbitragem parcial também prejudicava a nossa equipe, deixando a deslealdade dos jogadores adversários impune. Um pênalti claro sobre o atacante Danilinho não foi marcado. O primeiro tempo terminou em 0x0.

Já no segundo tempo, com algumas substituições e um certo cansaço da equipe adversária, o Dorense passou a dominar a partida, envolvendo o Independente por completo. Deste modo, aos 15 minutos o atacante Renato, em um lindo gol de cobertura, abriu o placar após lançamento do meia Leandrinho.  O 2º gol não demorou a sair, e aos 31 minutos, após cruzamento rasteiro do meia Rafael, Leandro, que tinha acabado de entrar na partida, chutou cruzado ampliando o placar.

A nota triste da partida ficou por conta das agressões do goleiro Richard e do meia Warley à nosso atleta Guilherme, após alegarem de falta do atleta dorense sobre o goleiro, o que causou um início de confusão, que, felizmente, não se desenvolveu. Os atletas dos Independente mais o zagueiro Guilherme foram expulsos. O atleta Guilherme foi expulso injustamente, visto que hora nenhuma esboçou alguma reação.

Após as expulsões, o Dorense chegou a perder algumas oportunidades de gol, o que poderia tornar o placar mais elástico. O placar final foi 2 x 0 para o Dorense, que precisa de um empate na próxima partida para se garantir na final. Caso Zacarias e União empatem na partida de complemento da rodada, amanhã dia 30, o Dorense estará classificado com 1 rodada de antecedência.

Na última rodada da 1ª Fase, o Dorense pega o União, de Martinho Campos, no dia 13/02, ás 14:30 no Estádio do Zacarias. Lembrando que o gramado do Estádio do Dorense está em reformas.

Dorense 2 x 0 Independente



Data: 28.01.2016
Local: Estádio Geraldo Marques da Silva
Motivo: 2ª Rodada da Copa Centro-Oeste
Início: 18:00 hs.

Dorense: Marcão; Renatinho, Thales, Guilherme e João Pedro (Filipe); Flavinho, Caiano (Cleiton), Helinho (Rafael) e Leandrinho (Leandro); Renato (Júlio) e Danilinho (Matheusinho)
Téc.: Flávio Caboclo

Gols: Renato (Dorense - 15 min/1ºT) e Leandro (Dorense - 31 min/2º T) 

Complemento da Rodada: Zacarias x União, 30/01, 15:30 horas

Próxima Rodada: Dia 13/02 (sábado) 14:30 hs. Dorense x União (M. Campos) - Campo Zacarias


Um comentário:

  1. SOLUÇÃO PARA O DORENSE SAIR NA FOTO COM A FAIXA DE CAMPEÃO NÃO SÓ DA COPA CENTRO-OESTE, MAS DO MINEIRO E OUTROS MAIS: TRABALHAR O FUTEBOL DE FORMA CORRETA EM 2017. COMO? VEJA O QUE SUGERIMOS ABAIXO:

    LIVRO: FUTEBOL, UMA REVOLUÇÃO À VISTA – DECIFRADOS, ENFIM, OS SEGREDOS DA GENIALIDADE DE NOSSOS CRAQUES.
    Para esta tarefa seria ótimo e talvez até necessário ter, senão todos, ao menos alguns jogadores do plantel do seu time com a mente e a genialidade de um craque do nível de um Pelé, Rivellino, Falcão ou de um Neymar, por exemplo, certo? Isso não é tão impossível assim, pois, longe de ser um dom, como sempre se achou, trata-se na verdade de uma capacidade, embora atrofiada na maioria das pessoas, e, portanto, com a abordagem correta e adequada, evidentemente, é possível ativá-la (uma das inúmeras descobertas fantásticas tratadas nesta obra) em qualquer indivíduo, ou seja, vocês podem criar estes craques aí mesmo na própria equipe sem qualquer custo adicional e com a mesma matéria prima que dispõem, num prazo de três a cinco anos, em média, dependendo da idade e das características psicológicas do atleta, o que revoluciona toda a nossa perspectiva de como lidar com o futebol, logicamente que temos que rever muito de seus conceitos, algumas de suas unanimidades absolutas e um ou outro dos seus consensos bem firmados, pois o livro acima tem a pretensão de demolir muito dos equívocos deste paradigma que vige atualmente no futebol, que necessariamente tem emperrado o natural desenvolvimento desse e outros esportes, e o time que conseguir realizar esta façanha, coisa bem factível caso consiga assimilar a proposta do livro em referência, o resultado vai ser no mínimo um futebol de excelente nível, e claro, com sucesso equivalente em todos os outros âmbitos essenciais da vida de um clube de futebol, e é bom frisar que a obra em si ainda pretende tornar o futebol um importante catalisador para profundas transformações na sociedade. Confira, peça já o seu exemplar pelo site: WWW.clubedeautores.com.br.

    ResponderExcluir